O visto para o Canadá deixará de ser um calo no sapato para muitos brasileiros que pretendem conhecer o país. A partir de 1º de maio alguns brasileiros estarão isentos, mas pra isso há algumas exigências, quem se enquadrar poderá usufruir do ‘benefício’.

Esse assunto vem tendo repercussão há tempo, já saíram vários boatos a respeito dizendo que a partir de determinado mês os brasileiros não precisariam mais apresentar um visto para entrar no país, mas foram apenas especulações.

Mas agora é oficial, a partir de 1º de maio de 2017, alguns brasileiros não precisarão mais solicitar o visto, basta requerer a eTA, que é uma Autorização Eletrônica de Viagem emitida online. Mas é preciso se enquadrar em uma das duas situações para conseguir essa autorização:

1 – Ter um visto americano de turista válido;

OU

2 – Já ter tido um visto canadense nos últimos 10 anos.

⇒ Leia também Mudanças na renovação do visto para os Estados Unidos

Como solicitar a eTA

Para requerer a eTA basta entrar aqui e preencher com os dados solicitados. É cobrada uma taxa de CAD 7  (dólares canadenses). A resposta geralmente é rápida e chega via email mas pode haver casos de exigirem alguma documentação complementar e o processo leve mais tempo.

⇒ Por isso é aconselhável solicitar a eTA com uma certa antecedência para não ter surpresas.

Para facilitar o entendimento do processo, segue um print da tela com os passos a serem seguidos.

Algumas informações importantes

  • A eTA só é válida para brasileiros que irão entrar no Canadá por via aérea;
  • A taxa de requerimento não é reembolsável;
  • O tempo máximo de permanência no país é de 6 meses, é uma autorização de curto prazo (turismo ou negócios).

⇒ Importante

Os brasileiros que não se enquadrarem nas condições mencionadas terão que solicitar o visto para o Canadá no processo completo. Para isso, sugerimos entrar no site oficial do governo canadense ou entrar em contato com uma agência de turismo/ intercâmbio.

Isenção de visto para o Canadá